Gostou do artigo? Compartilhe!

Como emitir prescrições e atestados digitalmente pelo HiDoctor® com assinatura digital

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

A atual pandemia de COVID-19 tem trazido mudanças para a prática médica, com a autorização da realização de consultas por telemedicina, por exemplo. O uso da telemedicina faz com que seja necessário também a emissão de documentos comuns da consulta médica, como receitas, atestados e pedidos de exames, de modo digital para o paciente.

Para que isso seja feito de forma segura e eficaz, garantindo a veracidade e possibilitando a devida conferência das informações, a legislação determinou que é obrigatório o uso de assinatura digital do médico nesses documentos e o governo disponibilizou um sistema onde pode ser feita a validação desses documentos digitais.

O HiDoctor® permite que você assine e envie digitalmente qualquer documento emitido para o paciente. Essa funcionalidade é gratuita e já está disponível para todos os usuários.

Certificado digital

Para utilizá-la, o médico precisa de um certificado digital válido. Se ainda não possuir, ele precisará adquirir um certificado digital A3 ICP-Brasil armazenado em mídia física (Token/Cartão) ou na nuvem. Há várias instituições autorizadas a emitir este certificado, como a Caixa Econômica Federal, a Casa da Moeda, entre outras Autoridades Certificadoras públicas e privadas. Para facilitar a emissão do certificado neste momento, algumas dessas instituições já possibilitam o atendimento à distância (por videoconferência).

Emissão e compartilhamento

Para emitir o documento digital assinado através do HiDoctor® ao realizar uma consulta, basta o médico criar a prescrição, atestado ou solicitação de exame normalmente pelo software, então na barra de ferramentas clicar no ícone para realizar a assinatura digital. Dessa forma, na tela aberta basta selecionar a opção para assinar digitalmente, selecionar o certificado a ser utilizado, e então ao clicar em "Enviar" o HiDoctor® irá gerar um documento PDF e a assinatura digital será aplicada a ele.

Feito isso, na próxima tela você realiza o compartilhamento do link para acesso seguro ao documento que o sistema gerou. Você deve compartilhar com o paciente para que ele acesse o documento emitido. A interface permite que o envio do link seja feito com facilidade via e-mail, Whatsapp ou outros meios, copiando o link. Quando receber o link, para acessar o documento o paciente também deve informar o CPF e data de nascimento, garantindo a segurança e o sigilo do documento em questão para que apenas o próprio paciente possa acessá-lo.

Validação e arquivamento

Em posse do documento, o paciente pode fazer a impressão ou apresentá-lo em meio digital mesmo, no caso de uma prescrição, por exemplo. Caberá ao farmacêutico ler o QR Code presente no campo “Verificação do documento” para abrir o arquivo online e baixar o PDF para poder então validá-lo através do validador de documentos, que faz todas as verificações necessárias para validar os arquivos médicos assinados digitalmente. Feita a validação, o farmacêutico dispensará a medicação prescrita.

O mesmo processo de validação pode ser feito pelo empregador, no caso da apresentação de um atestado, ou pelo laboratório, no caso da apresentação de uma solicitação de exame.

Cabe ainda ao farmacêutico ou pessoa que recebeu o documento médico arquivá-lo devidamente, guardando o PDF e/ou uma cópia impressa, conforme seja necessário.

...

É simples realizar atendimentos por telemedicina e emitir documentos médicos assinados digitalmente com o HiDoctor®. Se precisar de suporte para ativar esse recurso gratuito de assinatura digital em seu software, basta entrar em contato com nossos técnicos e eles poderão auxiliar. Confira também o tutorial completo sobre como realizar a assinatura digital no HiDoctor®:

O HiDoctor® é a única plataforma médica completa para seu consultório. A Centralx® conta com mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento de tecnologias para a área médica.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!