Gostou do artigo? Compartilhe!

O que é telessaúde e telemedicina? Quais as diferenças entre os termos?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Todos os anos, novos avanços em tecnologia permitem maneiras novas e estimulantes de fornecer cuidados de saúde de qualidade. Uma área em constante crescimento da assistência médica é a de telessaúde e telemedicina. Então, o que é telessaúde e como ela difere da telemedicina?

A diferença entre telessaúde e telemedicina

Não é incomum ouvir os termos telessaúde e telemedicina usados de forma intercambiável e, na verdade, eles não são completamente diferentes. Se você remover o prefixo ‘tele’ das palavras, a diferença é essencialmente a diferença entre saúde e medicina.

A telemedicina é um subconjunto da telessaúde, e se refere ao diagnóstico e tratamento de pacientes por médicos remotamente, por meio de sistemas e softwares de telecomunicações. Qualquer coisa que envolva atendimento clínico real por profissionais médicos aos pacientes caberia sob o guarda-chuva da telemedicina.

Enquanto isso, a telessaúde é expandida para incluir outras comunicações relacionadas à saúde por meio de sistemas de telecomunicações. Os serviços adicionais de telessaúde podem incluir educação do médico e do paciente, serviços de informação sobre saúde e até mesmo o autocuidado do paciente. O uso de aplicativos móveis relacionados à medicina, videoconferência e muito mais se encaixaria na categoria de telessaúde.

Quais são os benefícios da telessaúde e da telemedicina?

O maior benefício, e realmente o propósito da telessaúde, é permitir que os profissionais de saúde se comuniquem e forneçam cuidados sem estar em um ambiente face a face. Mesmo antes do surto de COVID-19, a telessaúde rapidamente se tornou uma parte importante dos serviços médicos e expandiu a capacidade dos prestadores de serviços médicos de fornecer cuidados, diagnosticar sintomas do paciente, prescrever opções de tratamento, conduzir encaminhamentos de cuidados, avançar em sua própria educação e colaborar com outros profissionais médicos.

Isso é particularmente útil para fornecer atendimento médico de qualidade em áreas remotas que anteriormente não seriam capazes de receber atendimento médico de qualidade. Para aqueles que vivem em áreas mais rurais, a telemedicina e a telessaúde têm sido um benefício incrível.

Desde o início da pandemia no Brasil, tem-se incentivado os médicos a implementar serviços de telemedicina. Com isso, muitos médicos já estão adaptando a tecnologia da telemedicina para melhorar o atendimento aos pacientes.

Com os avanços em comunicação e tecnologia, muitos serviços que antes seriam impossíveis agora estão disponíveis para pacientes em locais remotos. À medida que mais sistemas de telemedicina estão sendo implantados, os médicos podem fornecer serviços mais rápidos, precisos e convenientes aos seus pacientes.

A seguir, confira uma descrição de algumas das maneiras pelas quais a tecnologia da telemedicina está mudando a maneira como os pacientes recebem atendimento médico.

Monitoramento Remoto do Paciente (MRP)

Um grande benefício do crescimento dos serviços de telessaúde é a capacidade de médicos e pacientes trabalharem juntos por meio do monitoramento remoto de pacientes, ou MRP.

Como a telessaúde utiliza tecnologias novas e aprimoradas para aumentar a comunicação entre médicos e pacientes, esses profissionais agora podem fornecer acompanhamentos mais regulares e personalizados, em vez de depender de consultas pessoais. Isso é especialmente vital para pacientes que têm problemas crônicos ou significativos de saúde.

Por exemplo, um paciente que sofre de diabetes ou problemas renais agora pode fornecer atualizações consistentes e regulares a seus médicos sobre atividades importantes e sinais vitais, o que pode ajudar a diagnosticar e tratar doenças emergentes ou em mudança com muito mais rapidez. Assim, a nível de exemplo, médicos e pacientes agora têm a capacidade de realizar ações como:

  • O paciente pode usar um telefone celular ou computador para fornecer atualizações sobre dieta, níveis de açúcar no sangue e outros sinais vitais para monitoramento contínuo.
  • O médico pode acompanhar os cronogramas de medicamentos e garantir que os pacientes sigam os planos de tratamento prescritos, ou gerenciar as prescrições de medicamentos conforme necessário.
  • Os pacientes podem solicitar novas prescrições de medicamentos de uso contínuo ou outros suprimentos médicos, conforme necessário.
  • Os pacientes podem ser melhor informados e educados pelos médicos a respeito de sua situação pessoal.
  • Os pacientes podem receber lembretes sobre itens regulares de tratamento, como exames, vacinas, rotinas de fisioterapia e muito mais.

Para completar, o monitoramento remoto de pacientes reduz a necessidade de os pacientes visitarem seus médicos com muita frequência, o que diminui o custo para eles e os incentiva a manter o acompanhamento adequado de modo prático, e libera os médicos para continuarem a ver outros pacientes que precisam de seus serviços com o tempo extra.

Melhor colaboração entre profissionais médicos

Os benefícios da telessaúde não se aplicam apenas ao relacionamento entre médicos e pacientes, mas se estendem à comunicação e colaboração entre profissionais médicos.

Com os avanços nos sistemas de telecomunicações, médicos, enfermeiros, técnicos de laboratório e educadores de saúde têm uma oportunidade cada vez maior de se consultar e encontrar novas soluções que de outra forma seriam inacessíveis. Isso é particularmente útil quando os problemas de um paciente podem se estender por várias especialidades.

Historicamente, a comunicação entre especialistas costuma levar dias ou semanas para ocorrer. Enquanto isso, os pacientes continuam a sofrer com seus sintomas ou dores, e muitas vezes são deixados por conta própria ou ficam completamente incapacitados como resultado.

Com novas formas de colaboração, os médicos podem diagnosticar problemas complicados e criar planos de tratamento personalizados com mais eficiência, o que é muito benéfico para os pacientes necessitados.

Melhorias nos sistemas de prontuários eletrônicos de saúde

A telemedicina trouxe consigo novas necessidades em relação ao uso de prontuários eletrônicos. Os softwares médicos agora estão cada vez mais incorporando melhorias e novas funcionalidades que visam a facilitar o uso da telemedicina e garantir praticidade na realização das teleconsultas. A nível de exemplo pode-se citar a integração de ferramenta de assinatura digital no software médico, permitindo a emissão de prescrições digitais de modo ágil e simples.

Os softwares médicos também estão mais fáceis de acessar, ofertando diferentes maneiras de acesso e aumentando a mobilidade, para que o médico seja capaz de prestar atendimento aos pacientes mesmo quando estiver fora do consultório, atendendo assim às necessidades de muitos tipos de pacientes e ajudando para oferecer a eles sempre um atendimento de excelência através das melhores e mais novas tecnologias.

Melhorias na pesquisa e descoberta de novos tratamentos

Os efeitos da telessaúde vão além do tratamento direto de pacientes pelos médicos e também ajudam a tornar a pesquisa e a descoberta de novas opções de tratamento mais eficientes. Os pesquisadores médicos podem enviar os resultados dos testes para outras equipes de pesquisa em todo o mundo, tornando o compartilhamento de informações um processo muito mais fácil.

Além disso, os pesquisadores não precisam mais estar no mesmo local para realizar pesquisas de qualidade. Embora sempre haja uma vantagem em trabalhar no mesmo espaço, as equipes de pesquisa agora podem ser formadas por profissionais e especialistas de todo o mundo.

Da mesma forma que as empresas adotaram a ideia do trabalho remoto, a pesquisa médica agora pode ser expandida para incluir uma equipe global de especialistas que podem conduzir pesquisas de qualidade e fazer descobertas mais rápidas de novas opções de tratamento a serem criadas.

Obstáculos à telessaúde e à telemedicina

Em primeiro lugar, porque a telessaúde e a telemedicina utilizam tecnologias novas e emergentes, nem todas as clínicas e consultórios médicos estão utilizando esses serviços. Como resultado, nem todos os pacientes e médicos podem tirar proveito da miríade de benefícios que elas podem oferecer.

Outro obstáculo ao crescimento da telessaúde e da telemedicina é que elas exigem o uso de tecnologias mais recentes. Como o maior segmento de pacientes consiste em indivíduos mais velhos que podem não ter muita experiência com novas tecnologias e notoriamente não são versados em tecnologia, pode parecer que há um longo caminho a percorrer para permitir que eles utilizem esses novos sistemas. Pode ser um desafio ajudar alguns pacientes a simplesmente usar o e-mail, quanto mais conduzir uma videoconferência com seu médico ou registrar detalhes em um aplicativo móvel em seu smartphone.

Embora a telessaúde e a telemedicina forneçam novas maneiras dos pacientes se conectarem com seus médicos, não há substituto para o atendimento presencial ao paciente. Por causa disso, outro grande obstáculo para a adoção dessas tecnologias é a falta de confiança.

De acordo com um estudo conduzido pela empresa de pesquisa médica Medscape, 64% dos pacientes não têm certeza de que os diagnósticos fornecidos através de uma teleconsulta são tão precisos quanto os diagnósticos pessoais, e 33% relatam que têm preocupações sobre a privacidade e a segurança de tais comunicações. Isso se estende aos planos de saúde, uma vez que nem todos os planos adotaram totalmente a cobertura de cuidados prestados por meio de canais de telecomunicações.


Aproveite as vantagens da telessaúde e da telemedicina com o HiDoctor®

A telessaúde e a telemedicina podem fornecer um grande benefício ao seu consultório e permitir novas oportunidades de ver mais pacientes, fornecer um atendimento aprimorado e mais personalizado e gerar um novo fluxo de receita para o consultório.

O HiDoctor® facilita a adoção da telemedicina através da total disponibilidade de dados – online ou offline e em qualquer equipamento –, da praticidade e agilidade no registro de dados das consultas, da possibilidade de agendamento online das consultas, e da integração de assinatura digital para emissão simples das prescrições.

O HiDoctor® é a única plataforma médica completa para seu consultório e o software mais utilizado por médicos e clínicas no Brasil. A Centralx® conta com mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento de tecnologias para a área médica.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!