Gostou do artigo? Compartilhe!

Clínica ou consultório? Conheça as modalidades para atendimento em saúde

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Se você está pensando em abrir seu estabelecimento para atendimento em saúde, uma das decisões a ser tomada é a modalidade de atendimento. A ANS lista 54 categorias de estabelecimentos médicos, dentre consultórios, clínicas, hospitais, variando de acordo com realização ou não de procedimentos, número de especialidades atendidas, número de profissionais, entre outros parâmetros.

Clínica ou consultório? Conheça as modalidades para atendimento em saúde

Um primeiro ponto a considerar é se você deseja trabalhar sozinho ou se pretende ter sócios, ou mesmo contratar outros médicos para trabalharem em seu estabelecimento. O número de médicos e especialidades oferecidos pelo estabelecimento em muitos casos já irão diferenciar se será uma clínica ou consultório. Depois é importante definir se haverá realização de procedimentos simples. Enquanto algumas especialidades consistem mais na consulta médica e exame físico simples, outras dependem também de realizar alguns exames mais complexos ou procedimentos, que demandam espaço e equipamentos próprios.

No caso de consultórios individuais, muitos médicos optam por atuar como pessoa física, sendo profissional autônomo ao invés de fazer o registro de pessoa jurídica. Em casos de consultórios com mais profissionais e clínicas, este arranjo já não é possível.

Veja algumas das modalidades de atendimento mais comuns:

Consultório individual

Uma modalidade inicialmente mais simples para montar. Um médico trabalhando como autônomo precisa apenas conseguir um lugar, as licenças necessárias e pode começar seu atendimento. A dificuldade principal neste caso é criar sua base de pacientes. Será necessário uma boa estratégia de marketing para se destacar no meio de tantos outros consultórios oferecendo o mesmo atendimento. O lado bom é que você tem total controle sobre todo o funcionamento do consultório e sobre como deseja que os processos e atendimentos sejam realizados.

Pode ou não realizar procedimentos simples, dependendo da especialidade. Um dermatologista em consultório individual, por exemplo, pode montar a estrutura necessária para realização de procedimentos no consultório.

Consultório com até 2 especialidades

Esta modalidade oferece alguns pontos de vantagem em relação ao consultório individual. Os custos iniciais para montagem do espaço são divididos com seu(s) sócio(s), demandando menor investimento. O marketing e divulgação também fica mais fácil tendo mais médicos para atrair pacientes para o consultório. Se os médicos possuem especialidades diferentes mas que funcionam de forma complementar, a base de pacientes de um pode ser também os pacientes do outro, além de ser mais atrativo para pacientes que precisam de ambas especialidades e veem a facilidade de realizar todo o tratamento em um só local, de forma mais integrada.

Por outro lado, perde-se um pouco da autonomia nas decisões, com as ideias e planos devendo ser discutidos e acordados entre as pessoas envolvidas no gerenciamento do consultório.

Clínica Popular

Modalidade que tem crescido muito recentemente, as clínicas populares apresentam a vantagem de conseguir grande número de pacientes rapidamente, devido aos valores mais baixos cobrados. Normalmente são multidisciplinares e de baixo custo. Nesta modalidade ganha-se em quantidade de pacientes, podendo atender convênios ou apenas particular, dependendo de quais são seus objetivos com a clínica.

É mais comum que uma clínica popular realize alguns procedimentos, até pela maior variedade de especialidades oferecidas, mas não é regra. Esta configuração costuma adotar mais o modelo de médicos contratados para trabalhar na clínica do que serem todos sócios, mas para a criação da clínica normalmente são mais médicos associados investindo.

Clínica geral com procedimentos simples

Uma clínica já pensada para realização de procedimentos demanda maior planejamento e investimento, considerando espaço, equipamentos, materiais e insumos que serão necessários. Costuma ser o caso de clínica de ortopedia por exemplo, também clínicas de cirurgia plástica. A estrutura é maior e envolve mais médicos, além de outros profissionais da saúde como técnicos, enfermeiros, etc.

Cada modalidade de atendimento oferece diferentes vantagens, e a escolha de que tipo de estabelecimento abrir irá depender de seus objetivos e prioridades e do que planeja para sua vida profissional.

Pensando em abrir seu próprio consultório? Clique no banner abaixo e faça download do nosso PDF completo sobre como montar seu consultório médico.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!