Gostou do artigo? Compartilhe!

15 dicas para alcançar equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Não é novidade que médicos têm uma rotina acelerada e com alto índice de estresse. Em pesquisas, grande parte dos médicos afirma não ter tanto tempo pessoal quanto gostaria. Com muitos afirmando que não têm tempo para lazer, para dormir o suficiente e para se exercitar regularmente.

Mudar esta situação pode parecer uma tarefa impossível, mas com pequenos ajustes é possível melhorar o equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal. Veja 15 dicas para começar a mudar:

15 dicas para alcançar equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal

1. Dê um tempo da tecnologia

Talvez nem sempre você consiga estar em casa à noite, mas garanta que quando você estiver, você dedique toda sua atenção às pessoas que fazem parte de sua vida. Coloque de lado o telefone, a TV e o computador e aproveite o tempo para conversar e fazer atividades com sua família.

2. Use suas férias com sabedoria

Evite voltar das férias em uma segunda-feira, por já ser um dia que normalmente o coloca sob pressão. Se viajar, volte de viagem pelo menos 2 ou 3 dias antes de suas férias acabarem para ter tempo de descansar e se preparar para a volta ao trabalho.

3. Separe tempo para tarefas críticas

Determine de antemão horários para fazer tarefas que realmente precisa fazer, seja preencher alguma papelada, resolver um problema específico... Sabendo que a tarefa será feita no horário determinado aliviará o estresse de pensar que precisa resolver a tarefa.

4. Comece bem o dia

Inicie cada dia com a intenção de fazê-lo um bom dia. Preste atenção aos pequenos detalhes e às coisas simples que fazem sentir que sua profissão é gratificante.

5. Intervalos

Todo mundo precisa de tempo para parar e pensar. Dedique meia hora do seu dia, duas ou três vezes na semana, para ser seu tempo pessoal, fazendo algo que lhe faça bem. É uma boa forma de começar. Conforme for possível, aumente este tempo.

6. Saiba seus limites

Saiba claramente onde você quer gastar seu tempo e onde você não quer, identificando as coisas que são mais importantes para você. Aprenda a dizer não a solicitações que irão tirar seu tempo do que realmente gostaria de fazer.

7. Terceirize

Se você não tem tempo de dar conta de todas as tarefas que tem pendentes para além do seu trabalho, terceirize. Contrate alguém para cuidar do jardim, ou para arrumar a casa, ou para cozinhar algumas vezes na semana, deixando seu tempo livre para coisas mais importantes.

8. Considere delegar tarefas

Determine algumas tarefas de menor prioridade que tenha em seu trabalho e que possam ser feitas por outras pessoas da equipe e delegue estas tarefas.

9. Organize seu espaço

Use o fim do dia e intervalos entre consultas para organizar sua mesa e prepará-la para começar de novo. Toda dia ao fim do trabalho, ao organizar a mesa, pense em tudo que realizou neste dia, sem se martirizar pelas coisas que não conseguiu finalizar.

10. Valorize seu tempo de lazer

Da mesma forma que você dá valor ao seu tempo em uma consulta e não permite interrupções a não ser que seja uma emergência, utilize a mesma abordagem para seu tempo de descanso.

11. Faça o que gosta

Separe tempo para fazer aquilo de que gosta, seja ler um livro, andar de bicicleta ou ir ao cinema. Pequenas atividades como essas aliviam o estresse e são prazerosas.

12. Uma coisa de cada vez

Evite acumular tarefas. Tente tirar alguma coisa de sua lista antes de acrescentar algo novo.

13. Pratique atividades saudáveis

Seja yoga, meditação ou um passeio com o cachorro, atividades deste tipo, além de fazerem bem para a saúde, aliviam o estresse.

14. Esteja presente

Mantenha seu foco sempre no que está fazendo no momento, seja uma consulta ou seu tempo com a família. Não prejudique o momento pensando em coisas que não pode resolver agora. Saiba separar trabalho e vida pessoal.

15. Busque suporte

Fale abertamente sobre estresse com colegas de trabalho, peça opiniões e ajuda se necessário. Da mesma forma, converse em casa sobre responsabilidades e negocie sempre. Exponha o que sente e também esteja pronto para ceder às vezes.

 

FONTE: Physicians Practice, publicação online de 30 de julho de 2014.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!