Publicado por Equipe de Desenvolvimento Centralx
Gostou do artigo? Compartilhe!

Rede confiável é rede cabeada

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Com a explosão do uso da internet, a comodidade e conveniência das redes sem fio ampliaram enormemente a utilização da tecnologia Wi-Fi.

Se por um lado esta tecnologia é extremamente útil e funcional para o acesso à internet, por outro lado ela tem criado sérios problemas para a segurança dos computadores e integridade das informações.

O Wi-Fi é uma tecnologia de rádio que, como sabemos, permite uma qualidade muito inferior de tráfego de informações e está sujeita a diversas interferências.

O protocolo 802.11 do Wi-Fi, que faz as transferências de informação entre os pontos, tem falhas inevitáveis já estudadas na literatura técnica. Para o leigo é fácil compreender que as rádios AM e FM têm uma qualidade de som infinitamente inferior ao som do CD e até mesmo dos antigos long-plays (LPs). Isso se dá exatamente por conta das interferências e da largura de banda.

O Wi-Fi, por ser uma onda de rádio, propaga-se em todas as direções, podendo ser interceptado também por pessoas não autorizadas. Embora existam algoritmos de criptografia para proteger os pacotes de informação, há técnicas que permitem quebrar a segurança da maioria destes métodos, o que faz com que uma pessoa mal intencionada, nas proximidades de computadores utilizando Wi-Fi, possa simplesmente utilizar o acesso à internet ou até mesmo instalar vírus e outros malwares nos computadores.

A cada novo protocolo de segurança para Wi-Fi, novas técnicas surgem para quebrá-lo, o que faz com que a indústria esteja sempre às voltas com revisões destes protocolos.

A criptografia em si reduz ainda mais a velocidade da rede Wi-Fi. Ainda que os algoritmos de criptografia de dados para proteger os computadores interligados sejam cada vez melhores, esta mesma criptografia pode deixar o tráfego cada vez mais lento, visto que todos os dados têm que ser codificados antes de serem enviados, de um lado, e decodificados do outro.

Ainda sobre velocidade...

Por que o Wi-Fi funciona bem para navegar na internet?

Porque as páginas de internet têm tamanhos pequenos. Além disso, o Wi-Fi, embora lento, consegue atingir a mesma velocidade da banda larga, que no Brasil tem este nome apesar de, na maioria das vezes, proporcionar efetivamente poucos megabits de velocidade.

Por que o Wi-Fi não funciona bem para outros aplicativos?

Os programas de computador fazem leituras e escritas em seus bancos de dados a altíssimas velocidades quando comparadas com a velocidade de acesso à internet. Além disso, o volume trafegado entre o programa e o computador é geralmente bastante superior ao da internet.

Qual é a solução?

As redes cabeadas, sem dúvida. A tecnologia de redes por cabo tem no mínimo 15 anos a mais de maturidade. Hoje existem cabos de fibra óptica e outros materiais que permitem o tráfego de dados a altas velocidades sem nenhuma perda de informação. Os melhores cabos e equipamentos de rede permitem o tráfego de 100MB a 1GB com qualidade e segurança infinitamente superiores aos hotspots Wi-Fi.

Basta dizer que para o uso profissional em redes certificadas é sumariamente descartada a utilização de hotspots Wi-Fi, considerados, na maioria das vezes, equipamentos amadores.

Em clínicas e consultórios médicos

A Centralx recomenda fortemente que o Wi-Fi não seja utilizado em consultórios e clínicas, a não ser exclusivamente como meio de prover acesso à internet.

Dada à enorme superioridade das redes cabeadas e à grande importância dos sistemas médicos, é fundamental o emprego de equipamentos e especificações profissionais de rede.

A conveniência do Wi-Fi é uma arriscada isca para uma armadilha que pode gerar resultados imprevisíveis para a segurança das suas informações.

No seu consultório e clínica instale redes CABEADAS, preferencialmente com equipamentos profissionais. Estes equipamentos, via de regra, representam muito pouco acréscimo às despesas com a rede se comparados às enormes vantagens que proporcionam.

Veja outras recomendações da Centralx para uso de rede Wi-Fi no consultório.

Referências:

Existing Wi-Fi Has Potential Packet Loss Issue. Disponível em <www.wi-fiplanet.com/news/article.php/3643046>. Última visita em 25/08/2015.

Wi-Fi Aliance, Wi-Fi Protected Access: Strong, standards-based, interoperable security for today's Wi-Fi networks. Disponível em <http://www.ans-vb.com/Docs/Whitepaper_Wi-Fi_Security4-29-03.pdf>. Última visita em 25/08/2015.

Gostou do artigo? Compartilhe!