Gostou do artigo? Compartilhe!

Novidade no HiDoctor®: integração com o Whatsapp para envio prático de mensagens

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Estima-se que 120 milhões de brasileiros possuam o WhatsApp, considerado o principal canal de comunicação móvel do país. Além disso, 93% dos usuários usam o aplicativo diariamente, superando qualquer outra rede social.

Essa potente ferramenta de comunicação agora se integra ao HiDoctor®: você pode enviar mensagens para seus pacientes via WhatsApp a partir do HiDoctor®, com todas as facilidades que o software médico proporciona.

Facilidade 1: detecção inteligente do telefone

O HiDoctor® detecta automaticamente quando há telefone celular informado na ficha. Se o paciente possuir mais de um aparelho móvel cadastrado, você pode escolher para qual irá enviar.

Facilidade 2: modelos de texto com macros

Você pode criar modelos de mensagens para agilizar o envio. Com as Macros é possível incluir dados personalizados para cada paciente, como nome e horário do compromisso agendado.

Facilidade 3: envie do prontuário ou da Agenda

Você pode mandar uma mensagem enquanto acessa o prontuário do paciente ou quando estiver na Agenda, através de um compromisso agendado.

O que preciso para utilizar?

Para enviar mensagem no WhatsApp você precisa de um número já registrado no serviço. Também é necessário estar com o celular em mãos para autenticar o acesso, caso ainda não utilize o WhatsApp Web no seu computador.

Como faço para enviar?

Confira no prontuário o botão adicionado próximo ao campo telefone: através dele você acessa a interface de envio, onde irá selecionar o modelo de texto e o telefone do paciente.

Na agenda, quando você seleciona um compromisso, o botão surge também próximo ao campo telefone e envia uma mensagem no contexto do agendamento, podendo fazer uso de macros como data e hora do agendamento, por exemplo.

...

Assista abaixo ao tutorial para saber como enviar mensagens via WhatsApp a partir do HiDoctor®. Se preferir, confira o tutorial em texto clicando aqui.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!