Gostou do artigo? Compartilhe!

O impacto e as vantagens da tecnologia nos cuidados de saúde

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

É fato que os desenvolvimentos tecnológicos na área da saúde salvaram inúmeros pacientes e estão melhorando continuamente a qualidade de vida de todos. Não apenas isso, mas a tecnologia na área médica teve um enorme impacto em quase todos os processos e práticas dos profissionais de saúde.

Confira alguns dos benefícios das tecnologias na área da saúde tanto para pacientes quanto para profissionais.

Digitalização dos registros de saúde

Os softwares médicos, com ferramentas de prontuário eletrônico, que substituem os ultrapassados registros clínicos em papel, e outras ferramentas para gerenciamento de consultórios e clínicas, foram uma grande mudança para todos no mundo da medicina. Houve impacto desde os processos de agendamento, realizados pelas secretárias, passando pelas consultas médicas, até os processos de faturamento, controle financeiro e relacionamento, envolvendo todos os diversos profissionais que trabalham na área de saúde.

O uso do software médico, além de tornar o registro de dados mais prático e aumentar a organização das informações, também permite que elas sejam mais facilmente compartilhadas com os pacientes quando for necessário, bem como diminui as chances de erros e confusões causados por problemas de legibilidade dos dados quando escritos à mão.

Entre os muitos benefícios que os registros eletrônicos de saúde trouxeram para os cuidados de saúde, alguns que podem ser destacados incluem:

Maior assistência ao paciente

O software médico pode alertar automaticamente o médico responsável sobre possíveis problemas (como alergias ou intolerâncias a certos medicamentos) no momento em que o prontuário do paciente é carregado para realizar um atendimento. O software também pode ser acessado em qualquer situação, através de diferentes equipamentos como computadores, tablets, ou celulares, seja usando uma conexão com a internet ou através do programa instalado quando não houver conexão, o que é extremamente útil para os médicos poderem acessar dados e prestar atendimentos em diversas circunstâncias, seja em um atendimento domiciliar, para responder a uma emergência, etc.

Facilidade de fluxo de trabalho

A inserção de dados em um sistema computadorizado consome muito menos tempo do que os métodos baseados em papel e reduz o risco de erros nos dados do paciente e nos detalhes financeiros. A maior agilidade para realizar os processos, juntamente com a possibilidade de automatização de diversas tarefas repetitivas, permite que os fluxos de rotina do consultório se tornem muito mais eficientes, aumentando a produtividade e melhorando os resultados.

Custos mais baixos com assistência médica

De acordo com um estudo da Universidade de Michigan, a mudança do papel para o prontuário eletrônico reduziu o custo do atendimento ambulatorial em 3%. Esses pesquisadores estimaram isso em US$ 5,14 de economia por paciente a cada mês. Em uma rede de hospitais de grandes cidades ou grandes clínicas, esse valor é incalculável.

O uso da nuvem

O setor de saúde coleta e armazena grandes quantidades de dados a cada segundo (um estudo pode chegar a 100 terabytes de dados); portanto, essas instalações exigem soluções de armazenamento expansíveis, econômicas e seguras. É aqui que entra a nuvem.

A nuvem usa hardware e software para fornecer serviços pela Internet. Profissionais de saúde e pacientes podem acessar determinados dados e usar aplicativos de qualquer dispositivo habilitado para Internet - em qualquer lugar do mundo.

Armazenamento de dados otimizado e seguro

A tecnologia de computação em nuvem permite que grandes quantidades de informações sejam armazenadas a um custo inacreditavelmente baixo, tudo sem as limitações (e despesas) de hardware ou servidores adicionais. Com uma confiança crescente nos sistemas de software médico, o armazenamento em nuvem protege contra a perda de dados confidenciais com serviços de backup e recuperação robustos.

Isso se torna ideal principalmente em sistemas que permitem ao usuário aproveitar o melhor de cada mundo, em softwares que permitem tanto o uso da nuvem quanto o uso instalado, mantendo backups dos dados online e também em mídia física e no próprio computador do usuário. A combinação das tecnologias tem o potencial de dar ao médico todas as possibilidades para uso do software, maximizando a segurança, a praticidade e a eficiência.

Tecnologia da informação e comunicação

A partir de 2018, dados[1] mostram que 79,3% dos brasileiros com 10 anos ou mais têm aparelhos celulares para uso pessoal, com ou sem internet. 88,5% dessas pessoas acessam a internet através desses aparelhos. Diante desse crescente uso da internet, com três em cada quatro brasileiro tendo acesso à internet, como qualquer setor, os serviços de saúde tiveram que transformar seus processos para se conectar com as pessoas com facilidade e eficiência.

As tecnologias da informação e comunicação (TIC) conectam os profissionais de saúde – bem como conectam os profissionais com os pacientes. Os sistemas de e-mail, smartphones, troca de mensagens e telemedicina são usados para compartilhar informações e são especialmente úteis para áreas e locais mais rurais com falta de instalações e/ou especialistas.

Do diagnóstico ao acompanhamento, aconselhamento, educação e suporte, aparentemente são muitas as oportunidades para o desenvolvimento de software de assistência médica personalizado.

Telemedicina

O termo 'telemedicina' se refere a consultas médicas realizadas à distância, por vídeo ou telefone. Pode também englobar a transmissão de dados de saúde. A telemedicina pode ser usada em muitos campos, e se mostrou uma ferramenta importantíssima no momento atual (2020), enquanto vivemos uma pandemia.

A telemedicina oferece vários benefícios e tem potencial para melhorar os mais diversos trabalhos de assistência médica. A implementação de opções de telemedicina significa menos pacientes nas salas de espera e menos pressão nas equipes de recepção.

Outros benefícios incluem:

  • Menor tempo de espera do paciente
  • Melhor acesso nas áreas rurais
  • Maior eficiência, resultando em economia

Saúde móvel

Saúde móvel (ou "mhealth", do termo mobile health em inglês) refere-se a informações médicas e de saúde suportadas pela tecnologia móvel. Em 2015, aproximadamente 80% dos médicos nos Estados Unidos usavam dispositivos móveis e aplicativos médicos e 25% os aplicavam na prestação de cuidados ao paciente. Hoje no Brasil esses números também crescem continuamente.

São muitas as vantagens de usar equipamentos móveis. Desde a possibilidade de acessar o prontuário eletrônico de um paciente, revisar históricos médicos, consultar a agenda, até escrever e-mails de acompanhamento e enviar prescrições digitais ou receber dados de saúde dos pacientes, os smartphones permitem que os profissionais concluam tarefas de praticamente qualquer lugar do mundo em que estejam.

A comunicação aprimorada melhora a assistência aos pacientes e os resultados de saúde de modo geral. A comunicação móvel também pode reduzir o uso de papel e o tempo gasto de modo desnecessário em chamadas telefônicas, automatizando processos e aumentando a eficiência.

Tecnologia de aplicativos móveis na área médica

Atualmente, existe um aplicativo para quase tudo, e os aplicativos de assistência médica estão sendo desenvolvidos constantemente para uso pelos médicos e pelos pacientes. Como um dos mercados que mais cresce no desenvolvimento de aplicativos móveis, há uma infinidade de opções – talvez a maior desvantagem!

Os aplicativos móveis de saúde oferecem maior flexibilidade a todas as partes. Eles são uma das maneiras mais baratas de os profissionais de saúde fornecerem serviços melhores a seus pacientes.

Alguns focam na área de melhor educação e conscientização sobre saúde para o paciente, enquanto outros facilitam a comunicação entre o paciente e os profissionais de saúde. Algumas das áreas em que os aplicativos de "mhealth" ajudam incluem:

  • Gestão de cuidados crônicos
  • Acompanhamento do uso de medicamentos
  • Referência médica
  • Diagnóstico
  • Registros pessoais de saúde
  • Saúde das mulheres
  • Fitness e perda de peso
  • Saúde mental

O veredicto sobre a tecnologia em saúde

A importância da tecnologia na área da saúde significa que as muitas vantagens que oferece superam eventuais desvantagens que possam ser identificadas.

Adotar o uso de diferentes tecnologias pode facilitar a rotina dos médicos, enquanto aprimora os cuidados de saúde e torna os processos mais convenientes e fáceis para os pacientes. São muitas as opções de ferramentas e sistemas que podem ser incorporados, e cabe a cada médico avaliar suas necessidades e os pontos onde pode evoluir com o uso da tecnologia, escolhendo as melhores opções para adotar em seu consultório.

...

Referências

[1] Celular é o principal meio de acesso à internet no país, disponível em https://agenciabrasil.ebc.com.br.

...

O HiDoctor® é a única plataforma médica completa para seu consultório. A Centralx® conta com mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento de tecnologias para a área médica.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!