Gostou do artigo? Compartilhe!

Motive seus colaboradores: 6 dicas para mais produtividade em seu consultório

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

O ambiente de trabalho e as relações entre funcionários e patrão influenciam diretamente na motivação do colaborador, por isso, a forma como você se dirige aos seus funcionários e as condições de trabalho em seu consultório são muito importantes para melhorar a produtividade e o bem-estar de todos.

A preocupação que o médico dedica à saúde da sociedade deve estender-se também ao bem-estar de seus funcionários.

Por que motivar?

Colaboradores motivados se sentem mais envolvidos com o negócio e sabem que seu papel é importante, por isso muitas vezes vão além das suas obrigações.

Também são menos estressados, pois seu comprometimento com o trabalho aumenta o interesse na atividade e torna-a mais prazerosa.

Quando você precisa motivar seus colaboradores?

A resposta curta é sempre. Um funcionário motivado produz mais e melhor, além de tornar o ambiente de trabalho mais agradável.

Para saber se seus colaboradores precisam ser motivados, observe sua atuação no dia-a-dia – há indícios claros no comportamento de seus colaboradores que demonstram sua desmotivação:

  1. O funcionário está sempre negativo, gera um clima tenso no ambiente de trabalho.
  2. O funcionário se opõe a mudanças. Não gosta quando é solicitado a executar uma tarefa diferente ou quando você propõe mudanças.
  3. O funcionário fica impaciente pelo fim do expediente.
  4. O funcionário demonstra pouco interesse em realizar o trabalho, faz apenas o mínimo.
  5. O funcionário falta, às vezes sem justificar.
  6. O funcionário não esconde sua insatisfação, aparece sempre de mau-humor.

Se você diagnosticar sinais de desmotivação em um funcionário, comece a traçar um plano para melhorar o ambiente de trabalho e sua relação com seu colaborador:

1. Dê feedbacks

Ofereça um retorno honesto a respeito das tarefas executadas pelo funcionário. Procure não reclamar ou parecer impaciente, mas apontar o que poderia ser melhor e como poderia ser melhor.

Lembre-se de agradecer sempre que o funcionário fizer algo de destaque ou além de suas responsabilidades diretas.

2. Delegue responsabilidade

Oferecer novas funções – e de responsabilidade – faz o funcionário se sentir importante no funcionamento do seu consultório. Ofereça oportunidades para que seu funcionário demonstre que é capaz de realizar tarefas diferentes.

3. Ouça

Dê abertura para que seu funcionário opine. Após delegar alguma tarefa, pergunte se seu colaborador está de acordo com o que foi solicitado. Se há algo que o desagrade na tarefa, ele deixará claro neste momento.

Ofereça espaço para que seu próprio funcionário faça propostas de melhoria: uma secretária, por exemplo, é mais capaz de ver possíveis problemas na recepção do que o médico, que frequenta menos o ambiente.

A opinião de um funcionário atento costuma ser mais imparcial e embasada do que qualquer paciente. Suas palavras valem muito para o crescimento do consultório.

4. Compartilhe seu planejamento

Tão importante quanto ouvir seu funcionário, é compartilhar suas intenções futuras. Fale a respeito dos planos para o consultório – reformas, novas sociedades, novos equipamentos – e faça com que o funcionário se sinta parte desta programação.

5. Crie um ambiente confortável

O funcionário passa 1/3 de seus dias em função do trabalho; é fundamental que este período seja confortável tanto no aspecto físico do consultório quanto nas relações entre colaboradores.

Quanto ao espaço físico, tenha certeza de que as cadeiras, mesas, espaço para lanche e banheiros sejam adequados para seus funcionários.

Quanto às relações, certifique-se de que há uma relação de respeito entre você e seus funcionários e de camaradagem entre os colaboradores. Evite competitividade negativa e incentive a socialização entre todos os funcionários do consultório – incluindo você.

6. Celebre as vitórias

Sempre que houver motivos para comemorar, comemore! Seja algo novo para o consultório, uma nova parceria ou mesmo conquistas pequenas, comemore com seus funcionários e, o mais importante, faça com que eles se sintam parte desta vitória.

Gostou do artigo? Compartilhe!