Gostou do artigo? Compartilhe!

Como voltar ao ritmo de trabalho depois de um período de afastamento?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Muitos médicos se afastam do atendimento diário a pacientes por razões completamente voluntárias. Estas podem incluir, entre outras:

  • O desejo de se dedicar à família e aos filhos
  • Focar na área acadêmica ou administrativa
  • Explorar opções de carreira fora da medicina ou outras opções de estilo de vida

Mas nem sempre estas decisões são definitivas, e muitos médicos podem resolver voltar à prática da medicina depois de um período afastados.

Como voltar ao ritmo de trabalho depois de um período de afastamento?

Para facilitar a volta ao trabalho, um primeiro passo é já ter isso em mente desde o momento que decide pelo afastamento. Claro que no momento você pode considerar que não irá voltar à prática da medicina, mas isso não impede que você tenha um planejamento para o caso de se decidir pelo contrário. Se você está se afastando já com a intenção de voltar depois de um certo período, então o planejamento adequado se torna ainda mais importante.

Tanto a saída quanto a volta merecem atenção para que os processos se deem de maneira suave. Deve-se considerar os pacientes, obviamente; como será o encaminhamento deles a outros profissionais quando você se desligar? E como será para criar a base de pacientes novamente quando voltar? Pode ser que alguns dos antigos pacientes irão voltar a se consultar com você, mas com certeza haverá um bom trabalho de fidelização de novos pacientes até que você de fato consiga voltar ao ritmo de atendimentos que possuía antes.

É interessante pesquisar também, por exemplo, como é a questão burocrática. Você pretende cancelar sua inscrição no CRM? Como seria para se reinscrever futuramente, se necessário? Talvez seja mais interessante manter o registro normalmente, ainda que não esteja praticando. É algo que deve ser analisado de acordo com cada caso específico, avaliando então qual decisão seria mais adequada.

Outro ponto-chave diz respeito à manutenção do conhecimento. Se você pretende voltar à area, deve se manter conectado com a medicina, se atualizando, se mantendo informado e inclusive talvez aproveitando para fazer novos cursos e especializações.

No momento que estiver pronto para voltar, a melhor forma é fazer sem pressa e analisando bem as opções. Você pretende trabalhar em alguma clínica ou hospital? Ou irá montar um consultório? Talvez pode ser uma boa opção começar trabalhando meio período, por exemplo, até que tenha se adaptado novamente à rotina, afinal é fato que o dia-a-dia de um médico pode ser bastante corrido e estressante.

O importante então em todo este processo é que se tenha sempre em mente um planejamento que lhe permita fazer esta transição de volta à medicina de maneira tranquila, até que se tenha uma nova base sólida na prática médica.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!